5 ideias simples e eficazes

 

Enquanto a maioria das empresas transitava para novas formas de trabalhar à distância, como um benefício flexível que permitia um maior worklife balance às equipas, subitamente, trabalhar remotamente tornou-se numa obrigatoriedade e, como se não bastasse, implementada da noite para o dia, literalmente.

 

“Afinal, de que serve um Programa de Change Management quando um Plano de Emergência Nacional faz a mudança acontecer?”, perguntam.

 

Simplesmente, porque ninguém muda por decreto de lei e porque o que estamos a viver não é trabalho remoto. É algo caótico, onde cada um de nós tenta encontrar estrutura e ordem na maior partida que o VUCAH world alguma vez nos pregou.

 

E é no meio da maior experiência imersiva que alguma vez vivemos, que testamos os limites da resiliência, otimismo, criatividade e capacidade de motivar e colaborar. A boa notícia é que à medida que testamos possíveis abordagens, desenvolvemos o mindset necessário para o trabalho remoto e esse será já um investimento para o futuro. Estamos no bom caminho!

 

Mas, como garantimos que apoiamos as nossas pessoas e como mantemos o nível de motivação e alinhamento, quando nos encontramos à distância?

 

A OMS refere que a solução possível para responder ao Covid-19 é testar, testar, testar. Pois bem, no que respeita à comunicação também. Teste o que faz mais sentido para as suas equipas e aproveite este wake up call para tirar partido de todas as possibilidades do trabalho à distância.

 

1.      Mostre que está perto, mesmo estando à distância

Garanta uma comunicação ajustada ao momento que vivemos, informando e tranquilizando os colaboradores. Segmente as mensagens por vários tipos de comunicação – cada uma com um emissor e propósito:

 

  • Corporativa (mensagens da equipa de gestão de topo que transmitam uma mensagem honesta e construtiva da situação do negócio)
  • Operacional (orientações sobre novas regras, compliance, eficiência)
  • Adaptação comportamental (Tool kits de boas práticas, e-learnings, webinars)
  • Social e cultural (comunicação mais informal e descontraída para promover good mood e engagement emocional)

 

2.      Promova reuniões virtuais para check point e, principalmente, para sentir o pulso das suas pessoas

Implemente sessões de status de projetos, partilha e alinhamento de mensagens e aproveite para sentir o pulso das equipas. Há um mundo de ferramentas de vídeo-conferência e de gestão de projeto em colaboração e, claro, tenha o telefone sempre por perto.

 

3.      Encoraje uma Cultura que valoriza a tolerância e a empatia

O fator mais referido pelos colaboradores para um trabalho flexível bem-sucedido é poder contar com horários de trabalho compatíveis com o cuidado das crianças e das famílias. É importante assumir que não é possível ser pai / mãe e colaborador a tempo inteiro ao mesmo tempo. Vamos ter que trabalhar menos horas por isso é crucial definir prioridades.

 

Promova uma cultura que incentiva a flexibilidade e a gestão de desempenho através da concretização de objetivos pré-definidos e não nas horas que cada colaborador trabalhou.

 

4.      Acompanhe as suas pessoas de perto

Disponibilize ferramentas de gestão de equipas à distância (toolkits de boas práticas, e-learnings shot, webcast, etc) e momentos de coach para situações mais críticas. Lembre-se: este é o momento de prevenir, identificar e gerir casos de burnout ou elevado desgaste.  Aqui, os gestores de equipa têm uma responsabilidade extra e devem estar atentos porque o desgaste pode levar a situações limite que devemos evitar.

 

5.      Relativize a realidade com humor e proximidade

Quando a realidade supera a ficção, é essencial trazer o otimismo e o humor possível. Promova rituais, como as happy hours à 6ª feira ou tea time diário, para partilhar o que lhe vem na alma. Sim, é possível ciar rituais sociais on-line. Junte a equipa e celebrem, façam catarse, divirtam-se!

 

Lembre-se, mais do que nunca é tempo de ser emocional. Deixe as estratégias de lado e garanta que está próximo, porque é neste momento que os seus Embaixadores sairão das trincheiras, mostrando camaradagem e sentido de responsabilidade, numa luta que é de todos.

 

Para saber mais sobre este tema ou outros relacionados com a gestão das suas equipas, contacte-nos.





Mariana Blanc
Mariana Blanc
Career Senior Consultant
Contacte-nos

Contacte-nos caso tenha alguma questão. Prometemos entrar brevemente em contacto.

*Campo Obrigatório