Na Mercer, acreditamos que preparar o futuro implica, desde cedo, iniciar um plano de poupança que permita alcançar um nível de vida confortável com pouco esforço.

 

Se poupar é uma decisão fácil, encontrar a solução mais adequada pode revelar-se um desafio. Depende dos objetivos de cada pessoa e da oferta disponível no mercado. Contudo, para lhe simplificar a vida criando uma lista dos três produtos mais utilizados.

 

São aplicações financeiras para quem quer poupar sem ter um objetivo ou prazo específicos.

São aplicações financeiras destinadas a quem pretende poupar para a reforma, mantendo a opção de resgatar o dinheiro antes da mesma.

São aplicações financeiras destinadas a quem deseja poupar unicamente para a reforma.



Seguros de capitalização Unit-linked

 

Os seguros de capitalização unit-linked são apólices de seguro, do ramo vida, destinadas a quem quer poupar, mas não tem um objetivo ou prazo específico.

 

COMO FUNCIONA?

Basta comprar unidades de participação do seguro para poupar através de um unit-linked. O retorno obtido pelos subscritores surge da rendibilidade de uma carteira de investimentos que é autónoma ao balanço da entidade que o constituiu e/ou comercializa, como a seguradora.

 

Nesta carteira, o investimento é feito através de ações e obrigações definidas pela seguradora, por sua vez regulada pela autoridade de supervisão de seguros e fundos de pensões (ASF).

 

O dinheiro acumulado na apólice de cada participante surge das contribuições feitas através da compra de unidades de participação, assim como ao retorno obtido, e pode ser resgatado a qualquer momento.

 

 QUAIS AS VANTAGENS?

Os seguros de capitalização unit-linked têm uma tributação sobre as mais-valias mais favorável do que os restantes produtos financeiros, com exceção dos PPRs, e maior flexibilidade sobre o momento do resgate, uma vez que pode ser resgatado a qualquer momento.

 


Planos de Poupança Reforma

 

Um PPR – Plano Poupança Reforma destina-se a quem deseja poupar para a reforma, mantendo a possibilidade de resgatar o dinheiro antes de se reformar.

 

COMO FUNCIONA?

Poupar através de um PPR é muito simples. Basta comprar unidades de participação do PPR que estão associadas a uma carteira de investimentos, através da qual são adquiridas ações e obrigações.

 

Se for um PPR financiado por um fundo de pensões, as regras de investimento estão em conformidade com as regras definidas pela autoridade de supervisão de seguros e fundos de pensões (ASF).

 

Em relação ao dinheiro acumulado na conta de cada participante, este corresponde às contribuições feitas com a compra de unidades de participação, assim como ao retorno obtido pelos investimentos da carteira. 

 

QUAIS AS VANTAGENS?

Os PPRs permitem a dedução fiscal no IRS e, no caso de o dinheiro ser resgatado dentro dos critérios legais, têm uma taxa de imposto sobre as mais-valias mais baixa que os restantes produtos de aforro. Face aos fundos de pensões, têm a vantagem de poder resgatar o dinheiro antes da reforma (embora com tributação aplicável nesse caso).

 


Fundos de pensões abertos

 

Um fundo de pensões aberto é uma aplicação financeira destinada a quem quer poupar dinheiro até à reforma, altura em que o dinheiro será resgatado.

 

COMO FUNCIONA?

Para poupar através de um fundo de pensões aberto, basta comprar unidades de participação do fundo que, por sua vez, está associado a uma carteira de investimentos.

 

O investimento é feito em vários tipos de ativos financeiros, como ações e obrigações, sempre de acordo com as regras definidas pela autoridade de supervisão de seguros e fundos de pensões (ASF), sendo que o fundo de pensões é autónomo do balanço da entidade que o gere.

 

Quanto ao dinheiro acumulado na conta de cada participante, este corresponde às contribuições feitas através da compra de unidades de participação, e ao lucro dos investimentos da carteira.

 

O acesso ao dinheiro só pode ser feito no momento da reforma, em situações de doença grave, desemprego de longa duração, incapacidade total e permanente para trabalhar ou morte. 

 

QUAIS AS VANTAGENS?

Face a outros produtos de poupança, os fundos de pensões abertos beneficiam do adiamento do imposto sobre as mais-valias dos seus investimentos para o momento da reforma, e as contribuições permitem dedução fiscal no IRS. Os investimentos das carteiras dos fundos de pensões estão, na sua maioria, isentos de impostos.

 

Gostaria de falar com um consultor Mercer